academia

ACADEMIA

Inteligência emocional
 

No universo empresarial entendesse - Para se manter bem sucedido no universo empresarial é importante que o profissional seja racional, ou seja, as emoções não devem influenciar em suas decisões. No entanto, isso não ocorre na prática: as emoções sempre estão presentes no cotidiano. Quando o funcionário apresenta um problema pessoal, por exemplo, caso não tenha controle sobre seus sentimentos, seja ele qual for, pode prejudicar, de forma direta ou indireta, o resultado de seu trabalho. Portanto, para que qualquer trabalho seja realizado de maneira eficiente é necessário inteligência emocional. 

Para isto, é necessário aliar autoconhecimento e descobrir a origem das emoções, utilizando-as, assim, a seu favor. Quando permitimos sentir algo mesmo que seja ruim, isto nos faz refletir, desta forma teremos mais chances desenvolver possibilidades para a resolução dos problemas.

Saber admitir suas limitações e as dos outros também é muito importante. Conhecer as próprias expectativas, fraquezas e ambições são cruciais para obter a inteligência emocional. Após alcançar essa sabedoria é interessante estendê-la para as pessoas ao seu redor. Consequentemente, sua compreensão será maior com as pessoas. 

 
Inteligência emocional no trabalho

A inteligência emocional envolve as percepções voltadas em prol de si mesmo. Para que um indivíduo desempenhe bem uma atividade, o mesmo necessita de inteligência intelectual, flexibilidade mental, objetivos traçados e equilíbrio emocional.

É importante ter percepção, ou seja, identificar os sentimentos: analisar a expressão facial é um bom exemplo. A pessoa que possui essa habilidade identifica a variação e mudança no estado emocional do outro. Devemos tentar entender e captar variações emocionais, mesmo não estando evidentes e, sobretudo, ter o controle e habilidade para lidar com os próprios sentimentos.

Contudo, observamos que as emoções podem ser determinantes. Elas poderão comandar as reações diante de adversidades, conflitos, negociações e decisões importantes na carreira profissional.

Saber controlá-las, portanto, já é um grande passo para atingir o sucesso. O autoconhecimento é um dos pilares da inteligência emocional. Pessoas emocionalmente inteligentes têm consciência de suas habilidades, pontos fortes e fracos e se concentram nos fortes. Além disso, percebem como os seus padrões emocionais afetam sua forma de pensar e também as pessoas a sua volta.

Também é fundamental desenvolver empatia: criar e gerir relacionamentos profissionais, entender e respeitar as diferenças observando pontos que possam existir em comum com o outro.

 A motivação é outro fator relevante, ou seja, influenciar e engajar pessoas na atmosfera corporativa são duas ações próprias de profissionais emocionalmente inteligentes. Eles conseguem atuar de forma colaborativa com os colegas, chefes e subordinados.

Dentre os aspectos fundamentais é importante destacar o autoconhecimento emocional a habilidade de reconhecer as próprias emoções e sentimentos, o controle emocional que se dará pela facilidade em lidar com os próprios sentimentos, adequando-os a cada situação vivida.

Quando as alianças viram algemas

A violência tem diferentes formas. Seja na forma de um assalto inesperado ou de uma agressão por um mal-entendido. Ela também ocorre dentro de casa. Infelizmente é o que acontece no cotidiano de muita gente. São práticas cruéis e humilhantes que denigrem a imagem e a autoestima de um ser humano.

bg-img19.jpg
img-11.png
DOWNLOAD OUR FREE EBOOK FOR your GREAT IDEAS

There are many variations of passages of Lorem Ipsum available, but the majority have suffered alteration in some form, by injected humour, or randomised words which don't look even slightly.

Download Now

Leave a comment

Postagens por assunto

Ver todos
New call-to-action

Mais populares

Videocast do Rapid Learning: A solução ideal para você!