fabricadecursos_Latam08

As modernas instalações do CCB, Centro Cultural Belém, foram mais uma vez palco do Digital Business Congress da APDC, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Telecomunicações. Esta que foi a vigésima oitava versão do evento teve por tema principal a Economia Digital em Portugal.

Nas palavras do presidente da APDC, Rogério Carapuça, o objetivo do congresso foi “dinamizar a discussão pública sobre os temas que se colocam hoje aos decisores, contribuindo ativamente para a aceleração do processo de transformação digital em Portugal”.

Foi difícil acompanhar todas as palestras e decidir pelo painel a que iríamos assistir dentre os simultâneos foi uma escolha muito difícil, pois todos os temas eram extremamente relevantes ao contexto de EdTech:

●  Inteligência Artificial / Machine Learning / Robótica; Visita ao Futuro:
●  Impacto da Tecnologia nos Negócios;
●  Big Data / Analytics;
●  RGPD: Histórias da Implementação;
●  Internet of Things;
●  Influenciadores: Criatividade Livre ou Inspiração nos Números?;
●  Experiência de Empreendedores; Cloud / Edge;
●  De que Forma a Tecnologia Pode Ajudar o Marketing?;
●  O Potencial da Tecnologia na Inovação Social;
●  Estado da Nação dos Media;
●  APDC Digital Academy Talks;
●  Regulação;
●  Inovação na Administração Pública
●  Blockchain/ Cryptocurrency;
●  Escassez de Talento Digital;
●  Cybersecurity / Privacy;
●  Carreiras de Sucesso;
●  Emerging Technologies and Their Impact on Consumers;
●  Estado da Nação das Comunicações.

fabricadecursos_Latam07

Além dos painéis, foram também ministrados os chamados Taste of Crash Courses, em que grupos com um máximo de 15 participantes tiveram uma experiência formativa acelerada nas áreas de Chatbots, UX Design e Realidade Aumentada.

Além de informar sobre os caminhos que a tecnologia se lança no contexto europeu, a 28ª edição do APDC Digital Business Congress serviu para reafirmar a aposta da Fábrica de Cursos na escolha de Portugal como base para uma representação na Europa.

Já faz alguns anos que o país investe pesadamente em tecnologia, inovação e economia digital. O acordo que garante a permanência da Web Summit em Lisboa por mais dez anos e os investimentos de Bruxelas no Mercado Único Digital Europeu mostram que não apenas o Brasil, mas o mundo todo anda de olho na terra de Camões e faz vislumbrar oportunidades ainda mais interessantes pela frente.

Saiba um pouco da Misión Inversa y Jornada Técnica E-Learning Latam 2018, em Madri.

 

Oba! Workshop 0800 da Fábrica!